Harold Ramis, ator e roteirista de "Os Caça-fantasmas", morre aos 69 anos

Começar a semana com uma noticia ruim não era minha intenção! Aliais, não é a de ninguém. Enfim, uma grande perda para o cinema aconteceu, segundo a agencia de noticia do ator, a United Talent, Harold Ramis morreu nessa ultima segunda-feira (24) em sua casa na região de Chicago.

O motivo de sua morte foi uma doença na qual ele já vinha lutando nos seus últimos 4 anos. É uma doença rara, inflamatória e que provoca inchaço nos vasos sanguíneos! Nos últimos dias as coisas se complicaram e ele veio a falecer perto de toda sua família.

Ramis fez muito sucesso nas telinhas e não foi só como ator. O que muita gente não sabia, inclusive eu, é que ele também é roteirista, diretor e produtor de cinema. 

Começou a fazer sucesso no clássico Os Caças-fantasmas na década de 1980. O Filme arrecadou nada mais nada menos que US$ 291,6 milhões de dólares em todo mundo, a produção figura entre uma das comedias com maior sucesso de bilheteria de todos os tempos. Nele, o ator Harold Ramis montou o seu time com objetivo de caçar fantasmas 'fanfarrões' ao lado de Ernie Hudson, Bill Murray e Dan Aykroyd.

Em 1993 ele atuou e dirigiu o filme O Feitiço do Tempo e emplacou de vez como nome importante no gênero da comédia. Atuando ao lado de novamente Bill Murray conseguiram ganhar o premio Bafta de melhor roteiro, partilhado junto ao Danny Rubin.


Outros títulos muito conhecidos teve seu dedo de mestre, é o exemplo de, Máfia no Divã, A Sangue Frio, Melhor é Impossível, Endiabrado, Eu, Minha Mulher e Minhas Cópias e Ano Um. Graças a tantas colaborações no gênero ele se tornou referência para o ator Adam Sandler e para o diretor Judd Apatow. 

"Quando eu tinha 15 anos, eu entrevistei Harold para minha estação de rádio na escola. Ele era a pessoa que eu queria ser quando eu eu crescesse", disse Apatow , que mais tarde dirigiria Ramis em Ligeiramente Grávidos.

O diretor e ator Jon Favreau, que trabalhou com Ramis, disse que ele fará falta. "Não, não, não Harold Ramis", ele tuitou. "Ele era genuíno. Ao crescer, seu trabalho mudou minha vida."

O ator Billy Crystal, que atuou no filme A Máfia no Divã, de Ramis, declarou que foi triste ouvir a notícia. "Um ator e diretor brilhante, engraçado. Um pai e marido maravilhoso. Grande perda para todos nós", tuitou.

Relembre o clássico...


O ultimo trabalho de Harold Ramis não foi no cinema e sim na TV. Em 2010 ele dirigiu um dos episódios da série de sucesso Office, fora isso ele ainda mantinha um desejo sobre trabalhar na franquia dos Os Caças-fantasmas novamente. Ramis agora, irá lutar do outro lado, agora não poderá mais caçar fantasmas e sim enfrentará seus ex-colegas de equipe.

Ramis deixa a mulher, Erica Mann Ramis, os filhos Julian e Daniel, a filha Violet e dois netos.
Quer saber mais? Acesse o UOL.